Quisera eu ter meus quinze anos de volta, quando minha fantasia de encontrar meu príncipe encantado ainda era aceitável, pois “coitada, a garota nunca teve um namorado, não sabe como é o mundo real”. 335 mais palavras